Seguidores

terça-feira, 26 de julho de 2016

Falta um ano para o desligamento do sinal analógico das emissoras na Grande Recife


Usuários de TV aberta devem ficar atentos para o fim das transmissões em sinal analógico e início da TV digital em seus Municípios.

A relação de todos os municípios que terão o sinal analógico de televisão desligado em 2017 e receberão somente o sinal de TV digital foi pelo Ministério das Comunicações. A maior parte das cidades fica em São Paulo, mas também há desligamentos previstos nos estados de Goiás, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pernambuco, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

O cronograma do desligamento do sinal analógico e Início das transmissões da TV Digital com exclusividade nas principais regiões do país tinha sido divulgada no início do ano e posteriormente foi publicada portaria detalhando as cidades que serão afetadas no entorno dessas localidades.

Em outubro deste ano, o sinal analógico será desligado em Brasília e nas cidades do entorno (Cristalina, Luziânia, Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso de Goiás, Cidade Ocidental, Novo Gama, Formosa, Águas Lindas de Goiás e Planaltina). No ano que vem, será a vez de todas as capitais da Região Sudeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Vitória), além de Goiânia, Salvador, Recife e Fortaleza e outras cidades do estado de São Paulo e da Região Nordeste. O sinal analógico já foi desligado em Rio Verde (GO).

Antes do desligamento do sinal analógico, as cidades passam por pesquisas que apuram o alcance do sinal digital. As famílias beneficiárias do programa Bolsa Família recebem gratuitamente conversores de sinal para que mesmo os televisores antigos possam receber a programação na nova tecnologia.

Para o chamado agrupamento Recife que contempla os Municípios de Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Igarassu, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Recife e São Lourenço da Mata o sinal analógico será desligado no dia 26 de julho de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário