Seguidores

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Fenômeno do horário, novela "Totalmente Demais" chega ao final


Totalmente Demais chega ao fim como um dos grandes fenômenos da dramaturgia global nos últimos anos. A novela das sete que se despede nesta segunda-feira (Globo Nordeste, 19h10min) – dia pouco usual para a exibição do último capítulo – alcançou a maior média de audiência desde Cheias de Charme (2012), considerada uma das melhores tramas do tradicional horário. Estrelada por Marina Ruy Barbosa, a produção apostou em uma história leve e romantizada para agradar ao público mais velho e em ações transmídia para fisgar os jovens.

Fenômeno do horário, novela "Totalmente Demais" chega ao final Artur Meninea/TV Globo/Divulgação
Fábio Assunção, Marina Ruy Barbosa e Felipe SimasFoto: Artur Meninea / TV Globo/Divulgação

Centrado no triângulo amoroso entre Eliza (Marina), Arthur (Fábio Assunção) e Jonatas (Felipe Simas), o enredo é uma releitura de Gata Borralheira. Jovem pobre do interior, Eliza ascende na carreira de modelo após ser descoberta por Arthur e vencer um concurso promovido por uma revista de moda. A trama criada por Rosane Svartman e Paulo Halm cativou basicamente por falar de amores não correspondidos, sonho de um mundo melhor e beijos roubados. É simples, mas muito bem contada. Outros nomes do elenco também garantiram o sucesso da obra. Viviane Pasmanter (Lili), Juliana Paes (Carolina), Samantha Schmütz (Dorinha) e Aílton Graça (Florisval) se destacaram com boas atuações. E ainda teve as participações especiais de Reginaldo Faria e Glória Menezes.
Contrariando os críticos, que torceram o nariz para a produção, Totalmente Demais conquistou o público. No país, manteve média de 30 pontos de audiência. Em Pernambuco, alcançou mais de 40 pontos no Grande Recife. Por vezes, teve melhor desempenho do que a novela das nove, Velho Chico.

Com forte presença nas redes sociais, a história quase diariamente alcançou os trending topics do Twitter, principalmente por conta dos fãs, que rivalizavam entre os que torcem por um final feliz entre Eliza e Arthur ou Eliza e Jonatas – desfecho que só será revelado hoje. Ação que concentra principalmente jovens, público que Rosane e Paulo conhecem bem. Antes da novela das sete, a dupla foi responsável por Sonhos de Malhação (2014/2015), que devolveu o prestígio e o público à faixa.

Toque de ousadia com ações além da TV
Atrair o público jovem apostando em inovações parece ter sido o grande trunfo da produção. Antes da estreia, um capítulo zero disponibilizado na plataforma Globo Play apresentou os principais personagens. As ações transmídia – quando a trama é ampliada em outras plataformas, como sites e aplicativos para celular – vão continuar após o último capítulo.

Totalmente Demais não vai terminar nesta segunda. Se na TV a novela chega ao fim, no Globo Play os fãs poderão acompanhar um spin-off (derivado). É a extensão de um núcleo da trama em formato de série, com 10 episódios. Totalmente Sem Noção Demais vai contar histórias dos personagens Carolina (Juliana Paes), Hugo (Orã Figueiredo), Cassandra (Juliana Paiva), Zé Pedro (Hélio De la Peña) e Dorinha (Samantha Schmütz). Com redação final de Claudia Sardinha, o roteiro tem supervisão de Rosane Svartman e Paulo Halm.

Além disso, o capítulo final vai promover um crossover, momento em que duas produções se encontram. A personagem Fedora (Tatá Werneck), de Haja Coração, que estreia nesta terça em substituição a Totalmente Demais, visitará a redação da revista Totalmente Demais pedindo para ser a capa da publicação. Tatá vai contracenar com Juliana Paes. A cena foi escrita por Rosane e "lapidada" por Daniel Ortiz, autor da próxima novela.

A Globo inovou e acertou com o atual folhetim, provando que as novas formas de ver TV estão cada vez mais populares entre o público. Depois do sucesso de Totalmente Demais, a produção que se inicia amanhã terá um desafio e tanto pela frente.

Tradição quebrada (mais uma vez)
O sucesso levou a Globo a esticar Totalmente Demais em duas semanas e a alterar o dia de exibição do último capítulo, tradicionalmente levado ao ar às sextas-feiras.

Não é a primeira vez que a emissora faz isso – Estúpido Cupido (1977) também acabou em uma segunda, e Anjo Mau (1976) terminou numa terça. A decisão de adiar o final para este segunda-feira evitou o risco de queda no índice de audiência devido ao feriado prolongado.

Quem perder o final, poderá conferir a reprise nesta terça à tarde, no Vale a Pena Ver de Novo, ou na plataforma Globo Play.

Fonte: Zero Hora (adaptado)

Nenhum comentário:

Postar um comentário