Seguidores

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Com o sucesso na telinha, ‘Carrossel’ vira filme


Rio - Grande causadora de sustos para a Rede Globo entre 2012 e 2013 (e atualmente reprisada, com picos de 14 pontos), a versão brasileira da trama mexicana infantil ‘Carrossel’ garantiu a vice-liderança do SBT no Ibope por um ano. A torcida é grande para que ‘Carrossel — O Filme’, que estreia em 23 de julho — com pré-estreias pagas a partir de quinta, em todo o Brasil — consiga o mesmo sucesso nas bilheterias. A produção, dividida entre Paris Produções, RioFilme, SBT e Televisa, traz a turma, já na adolescência, em férias num acampamento.

“Na pré-estreia em São Paulo, achei que não estavam entendendo o filme. Todo mundo em silêncio... Mas prendemos mesmo a atenção da plateia!”, comemora Alexandre Boury, diretor do filme ao lado de Mauricio Eça, elogiando bastante os dois protagonistas do filme, Jean Paulo Campos (Cirilo) e Larissa Manoela (Maria Joaquina). Larissa, em particular, chega com ares de maior estrela infantojuvenil do canal, prestes a protagonizar ‘Cúmplice de um Resgate’, próxima novela do SBT. “Os dois foram extremamente maduros. Às vezes, o Jean errava, e a Larissa ia lá ajudá-lo: ‘Você é profissional, faz de novo, que você não vai errar!’ Todos gravaram de 40 a 90 minutos por dia, sempre fáceis de se dirigir. E modernizaram todo o texto, puseram gírias novas”, conta.

O filme pode revelar a dupla para outros canais. Em 2014, Jean quase foi levado do SBT para a Record — e foi trazido de volta por (dizem) valores próximos de R$ 200 mil. “Isso vai acabar acontecendo com ele, Larissa e os outros. Os canais concorrentes vão ver o talento. Aconteceu com a turma de ‘Rebelde’, né? O Chay Suede virou galã da Globo!”

A história sai da sala de aula e vai parar no acampamento Panapaná, de propriedade do avô da colega Alice (Fernanda Concon), Seu Campos (o ator e dublador Orival Pessini, famoso por personagens como o boneco Fofão e o hippie Patropi). O local é cobiçado pelos vilões Gonzales (o titã Paulo Miklos) e Gonzalito (Oscar Filho, que foi do ‘CQC’), que querem transformar a área numa fábrica e fazem de tudo para sabotar o acampamento. Acompanhando as crianças (que buscam os sabotadores usando métodos comparáveis ao do clássico infantil ‘Esqueceram de Mim’), estão a espevitada faxineira Graça (Marcia de Oliveira) e a rígida diretora Olívia (Noemi Gerbelli).

As externas aconteceram num acampamento em Parelheiros, distrito da Zona Sul de São Paulo. “A maioria dos atores nunca tinha ido a um lugar daqueles. Foi bem legal levá-los para lá. Precisamos enfear um pouco o local, porque o Panapaná estava em dificuldades”, diz Alexandre, que diz desconhecer números de investimento, mas afirma que “não houve pechincha no filme. Usamos câmeras de última geração, filtros, coisas que são usadas em ‘Game Of Thrones’”.

ESTRELINHAS TEEN 
Larissa Manoela, 14 anos, Jean Paulo, 12, e Maísa Silva, 13 (sim, a ex-atração mirim do ‘Programa Silvio Santos’, intérprete da ciumenta Valéria em ‘Carrossel — O Filme’), nomes mais ilustres do filme, mantiveram contato com os amigos após o fim da novela. “Temos até um grupo de WhatsApp”, diz Jean, preferindo não falar sobre a disputa entre SBT e Record (“essas coisas de adulto eu não manjo muito, né?”). Após terminar ‘Carrossel — O Filme’, os três cuidam de suas carreiras. Jean percorre o Brasil no musical infantil ‘Kids Festival’ e faz aparições no SBT. Maísa prepara o musical ‘Maísa No Ar’ para setembro.

Já Larissa (cuja estreia no cinema foi em ‘O Palhaço’, de Selton Mello) encara a trabalheira de interpretar gêmeas separadas no nascimento (a rica Isabela e a humilde Manoela) em ‘Cúmplice de um Resgate’, algo inédito numa produção infantojuvenil no Brasil. “E, além de eu interpretar as duas, depois uma se passa pela outra! E acontece um reencontro delas”, brinca a atriz.

Ela teve uma queda de cavalo durante as gravações da novela e precisou levar cinco pontos na cabeça, além de usar colar cervical. “Eu estava gravando num haras, o cavalo se assustou e disparou. Acabou sendo só um susto perto do que poderia ter acontecido”, conta Larissa, que também dubla a personagem A Menina na animação francesa ‘O Pequeno Príncipe’, de Mark Osborne. 

CAVALO PROIBIDO 
Com a queda que Larissa Manoela tomou do cavalo durante as gravações de ‘Cúmplice de Um Resgate’, a atriz precisou afastar-se da novela e usar um colar cervical. Chegou a ser noticiado que o SBT proibia que seus atores encenassem situações perigosas, como cenas de montaria, passeios de moto e esportes radicais. E que a ordem constaria de um manual do próprio canal, determinado pelo diretor-geral da trama, Reynaldo Boury. A emissora não confirma a existência do manual.

Fonte: O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário