Seguidores

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Cid Moreira e Sérgio Chapelin retornam ao "Jornal Nacional" para edição histórica

Nesta sexta (24), o "Jornal Nacional" (Globo) teve uma daquelas edições que vão entrar para a história do telejornal e da televisão brasileira.

No último bloco do "JN", os apresentadores Cid Moreira e Sérgio Chapelin, os mais longevos e marcantes do noticiário, assumiram mais uma vez a bancada mais famosa do país, em comemoração aos 50 anos da Globo.

Cid discursou sobre a emoção que foi fazer o telejornal por 27 anos e chamou uma linha do tempo do "JN", com todos os apresentadores que já foram um dia titulares, inclusive citando profissionais que estão hoje em outras emissoras, como Marcos Hummel e Celso Freitas, ambos da Record.

Depois, Sérgio Chapelin, também visivelmente tocado, chamou a última exibição da série especial que relembra os cinquenta anos do jornalismo da Globo. Neste último dia, foram lembrados fatos entre 2005 e 2015, além de uma emocionante homenagem aos mais importantes repórteres cinematográficos da Globo.

Logo após o término, Willian Bonner e Renata Vasconcellos voltaram para bancada e encerraram o telejornal, juntamente com Cid e Sérgio, dando todos o tradicional "boa noite!".
Na internet, a comoção foi geral. A homenagem para os experientes jornalistas foi uma unanimidade e apenas elogios apareceram.

Vale ressaltar que, na próxima segunda (27), o "Jornal Nacional" estreia o seu novo cenário, como parte das comemorações dos 50 anos da Rede Globo.



Fonte: Na Telinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário