Seguidores

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Relembre a trajetória de Xuxa na Rede Globo

Depois de 29 anos na Globo e no ano do cinquentenário da emissora, Xuxa está prestes a mudar de casa.  A apresentadora, um dos ícones da Globo, fechou com a Record. Só falta assinar, mas todas as conversas já foram feitas, as decisões tomadas.

Na Record, Xuxa fará um programa diário no horário da tarde.  A ideia é uma atração calcada no que Ellen DeGeneris faz na TV americana: entrevistas com personalidades, brincadeiras com a plateia e atrações musicais.

Em 2014, Xuxa ficou fora da programação da Globo pela primeira vez desde 1986. Passou meses negociando com a emissora líder, mas o programa que queria fazer não atraía a Globo.

Essa mudança para a emissora dos bispos está dando o que falar. Há quem concorde e apoie, mas também há quem preferia Xuxa na Globo (ou melhor, nas reprises do Viva). O fato é que a rainha dos baixinhos deverá mostrar que ainda tem força e quem sabe, derrotar a sua antiga emissora!
Mas para relembrar os tempos de ouro da "Rainha" na Vênus Platinada, o Blog TV PE resolveu mostrar a trajetória da loira na emissora dos Marinhos. Vale a pena conferir!

1986-1992: Xou da Xuxa


O Xou da Xuxa foi o primeiro programa da apresentadora na Rede Globo, estreou em 30 de junho de 1986. O programa marcou uma geração e até hoje é relembrado por milhões de jovens no Brasil e no Mundo. Xuxa chegava em uma nave cor-de-rosa, que despertava nas crianças o sonho de voar ao lado dela. Outro símbolo da época era o "beijinho da Xuxa", feito com batom, que deixava a "marquinha" da apresentadora. Nessa época a imprensa lhe deu o epíteto "Rainha dos Baixinhos".

Ao todo, foram 2000 programas no Brasil, exibidos em seis anos e sete meses, apenas neste tempo Xuxa colecionou 139 discos de ouro, 52 de platina e 10 de diamante – Somente neste período foram vendidas 18 milhões de cópias.

Em 1987, Xuxa engajou-se em uma campanha pelas crianças contra a poliomielite. A imagem de Xuxa foi associada a campanha e a mesma chegou a um recorde mundial na época : 97% da população infantil brasileira foi vacinada. Xuxa recebeu em Brasília - DF uma medalha das mãos do então presidente da república, José Sarney.

O terceiro disco foi o responsável pelo primeiro recorde fonográfico da apresentadora: entrar no Guinness Book Brazil (Livro dos Recordes) após vender 3,5 milhões de cópias com o Xou da Xuxa 3, em 1988. O disco trazia os hits: Ilariê, Arco-Íris, Abecedário da Xuxa e Brincar de Índio, entre outros. O "Xou da Xuxa 3" firmou-se como o álbum mais expressivo em vendas do mercado latino-americano.

O sucesso com o público fez Xuxa ganhar um segundo programa na grade global, em 1989. Bobeou Dançou era exibido no início das tardes de domingo e ela passou a comandar duas atrações ao mesmo tempo: uma de segunda a sábado e outra no domingo.


A crescente necessidade de cuidar de crianças a levou a inaugurar a Fundação Xuxa Meneghel em 12 de outubro de 1989. Isso aconteceu após uma visita a uma senhora na Pavuna, que abrigava de forma precária algumas crianças, e Xuxa vendo a cena comoveu-se: "-Se ela faz isso com tão pouco, por que eu não posso ajudar também?"


Em 1991, Xuxa protagonizou o especial humorístico Xuper Star, com direção de Jorge Fernando.

1992-1993: carreira internacional
O sucesso brasileiro do Xou da Xuxa e da apresentadora estendeu-se às crianças de outras nacionalidades. A partir de 1991, uma versão do programa em língua espanhola – El Show de Xuxa – era transmitida para 17 países da América Latina pela televisão argentina Telefe. O programa, líder de audiência no horário, ficou no ar por volta de dois anos. Cerca de dois milhões de crianças norte-americanas também assistiam ao programa – El Show –, que era exibido aos sábados e domingos pela rede Univisión. Em 1992, Xuxa lançou o Xuxa Park, infantil apresentado pela Tele 5 espanhola. Um programa homônimo, Xuxa Park, seria lançado pela Rede Globo em 1994.

Em 1993, com um contrato assinado com a produtora norte-americana MTM Enterprises, Xuxa foi para os Estados Unidos. A versão americana de seu programa – Xuxa –, falada em inglês, foi lançada naquele país em setembro do mesmo ano. Com meia hora de duração, o infantil continha brincadeiras, números musicais e quadros educativos. O programa era transmitido diariamente por um pool formado por cerca de 100 emissoras, que cobriam 85% do território norte-americano. Nessa época, a rede Univisión deixou de exibir El Show de Xuxa.

1994-2000: sucesso aos fins de semana

Em 1994, estreia o Xuxa Park, que marca a volta de Xuxa à TV brasileira e se torna um grande sucesso entre o público infantil, agora exibido aos sábados, e no ano seguinte, o quadro Xuxa Hits se desmembra do programa e ganha horário próprio aos domingos, onde a apresentadora se destaca por suas fantasias, que era de Faxineira á Mulher-Gato.




Em 1996, Xuxa completa dez anos na Rede Globo e ganha dois programas especiais: o primeiro foi o Xuxa Park Especial de 10 anos exibido em 29 de junho, onde recebe várias homenagens dos amigos da emissora e da produção de seus programas. O segundo exibido na faixa Terça Nobre em 4 de julho, em que a apresentadora revê seus melhores momentos.


O ano de 1997 foi de grandes mudanças. O programa Xuxa Hits foi reformulado e passou a se chamar Planeta Xuxa, um dos maiores sucessos entre o público adolescente e também marca a volta da nave ao Xuxa Park, agora denominada Nave Filha. No fim do mesmo ano a apresentadora anuncia sua gravidez. Ao mesmo tempo que apresentava os dois programas, Xuxa divide com o público a emoção de ser mãe.

Entre os meses de agosto até o início de novembro de 1998, quando a apresentadora entra em licença-maternidade, vários artistas famosos se revezam no comando do Planeta Xuxa, enquanto que o Xuxa Park se especulou que sua ex-paquita Andréia Sorvetão iria apresentar o programa, mas após uma pesquisa de mercado, a Rede Globo constatou que o público preferia ver Xuxa o tempo todo em suas televisões, então em um improvisado estúdio montado em sua casa, a apresentadora gravou o especial Xuxa 12 Anos com Você.

2001-2004: grandes mudanças e volta à grade diária

No dia 11 de janeiro de 2001, um incêndio destruiu todo o cenário do programa Xuxa Park, deixando 26 pessoas feridas com queimaduras. Xuxa saiu ilesa, mas o programa foi retirado da grade de programação.

No início de 2002, foi exibida a segunda e última edição do Planeta Verão; no mesmo ano, devido ao fim da parceria com a diretora Marlene Mattos, o Planeta Xuxa acabou em julho; em outubro, estreou o programa Xuxa no Mundo da Imaginação, que marcou a volta da apresentadora à grade diária. Diferente dos outros programas infantis, este era direcionado a crianças de 0 a 10 anos, com teor mais educativo. Devido aos baixos índices de audiência, porém, o programa saiu do ar em 2004.

2005-2007: TV Xuxa (primeira fase)


E abril de 2005, estreia a primeira fase do programa TV Xuxa, com moldes dos antigos programas Xou da Xuxa e Xuxa Park

Em 2006, Xuxa completou vinte anos na Rede Globo. Uma festa no Dia das Crianças reuniu milhares de convidados e amigos da apresentadora, numa casa de shows no Rio de Janeiro. A data foi marcada por momentos especiais, como a estreia do show Xuxa Festa, com direção artística de Gringo Cardia e repertório inspirado no XSPB 6. Xuxa ainda ganhou de presente o especial Xuxa 20 anos, que reuniu amigos, algumas Paquitas que estiveram ao seu lado e alguns dos melhores momentos da sua carreira na emissora, que foi exibido na tarde de sábado do dia 14 de dezembro de 2006.

Entre os meses de dezembro de 2007 à janeiro de 2008, estreia o game de verão Conexão Xuxa, nos moldes do antigo Planeta Verão.

2008-2014: mudança de público na TV
Depois de passar por dificuldades para se manter líder com seu programa infantil na TV Globo, Xuxa foi convencida pela direção da emissora e começou o ano de 2008 focada em novos projetos. Em abril reestreou o programa TV Xuxa reformulado, agora voltado para toda a família e transmitido nas tardes de sábados pela TV Globo. O programa apresenta atrações musicais, entrevistas, convidados e muito mais. Contudo jamais conseguiu os mesmos índices de audiência que tinha antigamente. Em 2013, a atração passou a ser dirigida por Boninho.

A ultima edição do programa foi ao ar em 25 de janeiro de 2014, por problemas de saúde Xuxa precisaria ficar de seis meses a um ano afastada da TV, para um tratamento por causa de uma sesamoidite (inflamação nos ossos sesamoides), o problema é causado pelo uso em excesso de salto alto em danças e apresentações. No comunicado emitido pela Globo, além do problema no pé da apresentadora, a emissora usa a Copa do Mundo e as eleições como justificativa para o fim da temporada de férias do "TV Xuxa". O ultimo programa registrou 12 pontos de audiência, segundo dados do IBOPE. Xuxa chegou a renovar seu contrato de trabalho com a emissora carioca por mais três anos.

2015-presente: Saída da Globo e ida para a Record
Em 3 de fevereiro de 2015, após 29 anos e sem apresentar há 1 ano, Xuxa deixa a Globo e assina com a Record.

Nenhum comentário:

Postar um comentário